Total de visualizações de página

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Brincando de colorir!


Oi, eu vim aqui hoje só pra dizer que eu queria reciclar os meus choros em vão.Minhas tristezas vagas, que aconteceram(...Para quê?).

Recicla-las em baldes com tintas coloridas para escorrer um choro fluente e alegre, caso me permitir.

E assim eu nasceria novamente, parecida com um rio. Um rio com suas correntes e com sua vontade de seguir.

Olha...Nascer, eu nasço. Aliás, todo o dia eu nasço. Todo o dia eu sou quem nunca fui e quem nunca serei.

Porque não existe o choro chorado e nem o riso rido.

Há só uma brincadeirinha de colore e descolore, certo?

Há só um riozinho que circunda por aí. Vazio “coitado”, mas cheio de baldes com negocinhos coloridinhos. E daí você escorre todo o santo dia o que quiser nele (desde sorvete a barro) para deixar do jeito que você quiser. Que é para quando chegar à noite, a nuvem apagar tudinho só para você poder colorir novamente.

(Às vezes chega até dar a impressão de que é infindo).

Ah, eu adoro brincar de colorir... Cada dia de uma cor.

Às vezes azul; noutras rosa! Sabe que têm dias que eu nem fico com vontade de pintar? Mas, também têm os dias que eu abro mão e coloro tudo com cinza. Ué, cinza também é cor, não?

Mas, eei!...Vou contar uma coisa a vocês... Hoje eu to adorando um arco-íris.

Daqueles bem bonitinhos, sabe? Daqueles que quando a chuva forte passa...

Só resta arco-íris.

2 comentários:

Giovanni disse...

Só resta arco-íris mesmo, ainda mais se tratando de ti

gosteeei mesmo ;*

Tassi disse...

Querido! ahuahauha
=***