Total de visualizações de página

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Utopiando.


Doze horas é pouco pra mim.
Queria ser poeta de verdade
Na luz do dia,
Na padaria,
Na conversa sobre a coisa mais banal...

Queria ter cara de poeta
Ter jeito de poeta,
Sorrir como poeta.
Ter manias de poeta...
Mas, caramba...


Eu não pareço combinar com tudo isso.

Um comentário:

Maria disse...

mas poetas descombinam ... podem ser previsíveis para dois, que seja, mas para o mundo inteiro ainda surpreendem.

minha gatinha, minha poetisa.