Total de visualizações de página

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Vá com deus!

Cada noite que chega,
antes de dormir eu olho fixamente para fora da janela e,
desiludida com o fato de que terminou mais um dia (do meu mundo),
engulo alguns quilos de ar pelas minhas narinas.

(isso faz diminuir a dor de não ter sido)

E é assim que eu vejo o meu coração arder
E é assim que eu percebo que as minhas pernas ainda me sustentam.

E sou por alguns instantes.
E sou por alguns minutos que antecedem (novamente) as 23h de morte.


O que as pessoas falam quando seus pares morrem mesmo?

3 comentários:

art.ocular disse...

Eu.

r.geremias disse...

http://fazumpacto.blogspot.com/2010/12/linguagem-absoluta_03.html

r.geremias disse...

uahaua.
Ah, dá pra enganar q é você!
Ninguém mandou postar o comentário como a Mi! uhahua

Beijo minha delícia!

Saudadeess